Educadores do Brasil: Dinâmicas para Sala de Aula

Dinâmicas para Sala de Aula

Engajar os alunos é um grande desafio na era digital. Contudo, novas realidades também significam mais formas de explorar o conteúdo que você tem para transmitir aos estudantes.

Neste artigo, você vai descobrir os métodos e dinâmicas para sala de aula aplicados por profissionais que são referência em ensino nas escolas do Brasil. Mais importante, você vai poder se inspirar e aprender a usar a plataforma gratuita do Canva para alavancar seu talento e aproveitar o que há de melhor no seu próprio jeito de ensinar.

Educadores do Brasil

Este conteúdo faz parte da série Educadores do Brasil. O objetivo deste projeto é propor soluções descomplicadas na plataforma do Canva a partir da experiência de professores que conhecem a realidade das salas de aula públicas e privadas.

Para isso, entrevistamos profissionais da educação de todo o país e preparamos conteúdos especiais sobre três dos temas mais importantes para o futuro do ensino:

Tecnologia na Educação Infantil

Dinâmicas para Sala de Aula

Métodos de Ensino à Distância

Dinâmicas para estimular o interesse dos estudantes

Tento variar as formas de dar aula, usando o máximo de recursos possíveis, para conseguir atingir os diferentes tipos de aprendizes.

— Alexssandro Becker, professor de Biologia

Quando o assunto é atividade em sala de aula, um dos pontos mais importantes é a atenção dos alunos. Manter crianças e adolescentes entretidos em apresentações de slides, explicações na lousa e exercícios escritos é um desafio que os educadores conhecem muito bem.

Para compreender como o Canva pode ajudar os profissionais da educação a manter seus alunos engajados, conversamos com o professor Alexssandro Becker, que leciona Biologia na cidade de Palotina, no Paraná. Ele conta que o segredo está na diversificação do conteúdo e da forma como a matéria é apresentada.

Alexssandro aplica mapas mentais e ilustrações personalizadas em suas aulas, sempre alternando com as explicações na lousa. “Com as figuras em alta qualidade da biblioteca de imagens do Canva, coisas que pareciam difíceis ficaram muito mais fáceis. Se você consegue demonstrar o conteúdo com um slide bonito e uma animação, a aula funciona melhor.”

E, apesar de plataformas gráficas como o Canva serem indicadas para a classe de aprendizes visuais, você também pode aproveitar os recursos para alavancar a absorção de disciplinas por outros tipos de alunos. Se você tem um podcast educacional, pode criar sua identidade visual e preparar as capas de cada episódio em poucos minutos usando modelos prontos. Se a ideia é elaborar uma jornada de debates sobre um assunto, é possível criar cartazes para cada tópico e organizar sinais de “a favor” e “contra” para os alunos, por exemplo.

As dinâmicas para sala de aula não têm limite. Os educadores conhecem suas matérias e, sobretudo, estão familiarizados com seus alunos. Com o apoio das ferramentas certas, eles podem liberar todo seu potencial e criar diferentes métodos para engajar os estudantes. Um desses métodos você conhece bem: as redes sociais, tema do nosso próximo tópico.

Aproveite os modelos de atividades escolares do Canva para criar dinâmicas dentro do seu método e alavancar o engajamento dos alunos. É fácil, rápido e prático.

Integração à realidade das redes sociais

Às vezes, tudo o que eu preciso é de uma boa pergunta para começar a aula.

— Ney Mello, professor de Biologia

O princípio das redes sociais é muito parecido com a estratégia que o professor de Biologia Ney Mello, do Rio de Janeiro, aplica em sua sala de aula. Se você já se pegou rolando o feed do Facebook distraidamente e foi fisgado por uma pergunta inquietante, sabe bem do que estamos falando. Só que propor a questão certa para os estudantes não é suficiente. O desafio dos educadores também é o de destacar sua relevância.

conteudo escolar canva

Conteúdo produzido no Canva pelo professor Ney Mello

"Essa boa pergunta precisa da posição certa na imagem e da hierarquia das fontes", conta o professor Ney. De fato, em uma análise de 55 estudos conduzida pelos pesquisadores W. Howard Levie e Richard Lentz concluiu que o uso de ilustrações na educação aumentou a compreensão do conteúdo em 98%. Isso explica o sucesso das aulas do professor Ney em seus projetos com alunos dos níveis educacionais mais diversos, do ensino fundamental ao mestrado. Mas a conexão entre sala de aula e redes sociais não para por aí no cronograma do educador carioca.

“Passei a usar o Instagram como forma de dar aula e meus alunos começaram a me perguntar como eu criava a arte da publicação”, revela o professor Ney. Dessa forma, ele conseguiu aproximar a aula do cotidiano dos alunos, que vivem imersos em perfis e canais de influenciadores, ao mesmo tempo em que despertou a curiosidade com a qualidade do próprio material.

O Canva já tem os layouts prontos. É exatamente a ferramenta para você que não é designer gráfico parecer que é um superprofissional da área.

— Ney Mello, professor de Biologia

Um estudo neurológico compartilhado no portal Edutopia concluiu que, quando a curiosidade de uma pessoa é ativada pela pergunta certa, ela aprende e memoriza informações com mais eficiência. Matthias J. Gruber, um dos autores do estudo, explica que isso acontece porque a curiosidade coloca o cérebro em um estado que permite o aprendizado e retenção de qualquer tipo de informação, amplificando aquilo que você está motivado em descobrir.

No entanto, integrar as redes sociais às dinâmicas escolares não é só uma forma de criar conteúdo divertido, pois as mídias digitais já ultrapassaram a fase do lazer. Os estudantes não usam canais como Facebook, Instagram e YouTube apenas para se relacionar uns com os outros — é nas redes sociais que eles descobrem a faculdade dos sonhos, aprendem novas habilidades e encontram vagas de trabalho.

Com o Canva, você pode compartilhar suas atividades escolares nas redes sociais e até elaborar dinâmicas online com seus estudantes.

Atividades elaboradas tornam professores inesquecíveis

Assim como as empresas, as pessoas geram expectativas e têm uma reputação, estando cientes disso ou não.

— Juliana Saldanha, especialista em marcas pessoais

Basear aulas em dinâmicas interessantes e que incentivem a interação dos alunos é um excelente caminho para criar conexões duradouras. Diversos estudos comprovam que professores entusiásticos podem atingir níveis maiores de motivação entre os estudantes, bem como aumentar o tempo que cada aluno dedica à matéria. De forma indireta, isso constrói a imagem inesquecível que muitos temos dos professores que marcaram nossas vidas.

Desde que começou a lançar desafios de publicações no Instagram com os temas passados nas aulas de Biologia, o professor Ney não só percebeu um aumento no interesse de seus alunos pelo conteúdo, mas também virou referência para seus colegas de profissão. Em seu canal no YouTube e nos encontros profissionais, ele compartilha sua experiência com outros educadores e demonstra as vantagens de contar com uma plataforma que suporte a criação de conteúdo inovador.

Essa construção orgânica de reputação é a marca pessoal. Ainda que um professor não se interesse pela imagem que constrói na visão de alunos, colegas educadores e gestores de instituições de ensino, ela existe e desempenha um papel relevante na maneira como seu trabalho acontece.

webinar-neymello

Professor Ney Mello em webinar para profissionais da educação sobre a plataforma do Canva

O aspecto profissional não precisa ser estático e idealizado. Pelo contrário, é possível até integrá-lo nas próprias dinâmicas de ensino. “Os estudantes ficam mais interessados quando eu peço que eles apresentem os trabalhos escolares em formato de projetos profissionais, mais voltados para o marketing e o empreendedorismo. Eu incentivo que eles assinem os projetos como autores, não alunos”, diz o professor Alexssandro.

Essa mentalidade é o diferencial para que professores como Ney e Alexssandro sejam referências no ensino que os alunos da era digital esperam. Com as ferramentas certas, eles podem liberar todo seu potencial criativo para elaborar dinâmicas memoráveis e cativar a atenção da classe para o conteúdo.

Prepare aulas e conteúdos inesquecíveis para seus alunos com os modelos do Canva. São milhões de imagens e elementos gratuitos para você personalizar e conseguir um resultado profissional.

Como você pode criar dinâmicas para sala de aula com o Canva

atividades

O Canva oferece centenas de modelos de atividades escolares para você editar e imprimir

O Canva é uma plataforma descomplicada e gratuita. A ferramenta é projetada para que você consiga elaborar materiais gráficos com acabamento profissional mesmo que não tenha nenhuma experiência com design.

Se você é um educador, pode aproveitar nosso acervo de modelos editáveis de plano de aula, apresentação, cronograma, tirinhas e dezenas de outras categorias que vão facilitar seu trabalho.

Para começar a produzir atividades escolares com seu próprio método, é só seguir o passo a passo abaixo.

  1. Crie sua conta gratuita no Canva.
  2. No painel da plataforma, escolha o tipo de arte que você deseja criar (ex: folha de atividades).
  3. Escolha seu modelo e personalize como quiser. É possível alterar tudo: cores, imagens, ilustrações, fontes e a posição de cada elemento.
  4. Baixe ou compartilhe sua criação como quiser.
  5. Todas as suas artes ficam armazenadas em sua conta no Canva e você pode voltar para editá-las quando quiser. Se preferir, ainda pode aproveitar os recursos do editor para criar qualquer outro tipo de design.

Prepare atividades escolares com seu próprio método

Você não precisa mudar sua filosofia de ensino e nem abrir mão dos métodos que desenvolveu. A proposta do Canva é permitir que você use todo o seu potencial e conhecimento para se concentrar no que você faz de melhor, tirando do caminho as dificuldades com materiais e estrutura.

Experimente a plataforma e comece a produzir e editar atividades e dinâmicas inesquecíveis para sala de aula do seu jeito e com a sua identidade.

Boas criações!

Sua arma secreta para criar designs deslumbrantes